10 dicas para ser mais criativo

10 dicas para ser mais criativo

Ser criativo é algo que devemos ser aqueles de nós que vivem da imaginação, seja como roteiristas ou em qualquer outro trabalho relacionado ao mundo das ideias. Mas para alcançar um estado permanente de criatividade é preciso trabalhar, e muito. Apenas alguns gênios conseguem isso sem esforço.

A busca pela criatividade deve ser um modo de vida, não apenas um recurso específico associado ao trabalho.

É como quando vamos ao endocrinologista para nos colocar em dieta porque ganhamos alguns quilos a mais. Seguimos rigorosamente seus conselhos por algumas semanas e, uma vez que perdemos peso, voltamos aos nossos hábitos alimentares anteriores. Imediatamente, a balança nos lembra que não estamos comendo como deveríamos.

Não se trata apenas de comer bem por algumas semanas e pronto, mas temos que mudar nossos hábitos e torná-los saudáveis ​​para sempre.

O mesmo deve ser feito com a criatividade.

Além de ser contratado para um trabalho específico ou focar em um projeto específico, devemos ter hábitos criativos permanentes.

E alguns desses hábitos, que você pode ler abaixo, vão te ajudar a ser mais criativo.

Dicas para fazer a criatividade fluir da sua cabeça.

1- Jogue jogos mentais

Preencha palavras cruzadas, faça sudoku, jogue xadrez, assista a concursos de agilidade mental na televisão, tente adivinhar enigmas, certos jogos de tabuleiro e estratégia, etc. Todas essas atividades desafiam seu cérebro e forçam você a se superar para ter novas ideias. São jogos que colocam problemas complicados e convidam o cérebro a encontrar soluções criativas.

2- Pratique esportes regularmente

Manter-se em forma, além de ser saudável, prevenir algumas doenças e cuidar da silhueta estimula a criatividade. O exercício aumenta o fluxo de histaminas que funcionam como neurotransmissores no cérebro e melhoram o fornecimento de oxigênio aos tecidos cerebrais.

Não seria a primeira vez que alguém apresentaria a reviravolta na história que estava procurando, ou a resolução de como tornar um personagem mais atraente, enquanto corre no parque ou anda de bicicleta.

3- Tenha sempre um caderno à mão

Onde quer que você esteja, seja à noite em uma discoteca ou no topo do Everest, não custa nada levar um caderninho onde você pode anotar tudo o que vier à mente. Embora seja verdade que o melhor é que a inspiração o pega trabalhando, as ideias podem surgir a qualquer momento ou circunstância. E, como eles vêm, eles vão, então é melhor anotá-los.

Há quem durma com liberdade na mesinha de cabeceira porque acha que as melhores ideias vêm à mente durante o sono.

Muitos substituíram o notebook pelo bloco de notas do smartphone, pois, sim ou sim, ele nos acompanha até o fim do mundo.

4- Não perca a oportunidade de fazer brainstorming

Ou faça um brainstorm, se você quiser Castilianizar. Teste suas ideias com outros amigos ou colegas, coloque-as em comum, ouça o que eles têm a dizer, suas contribuições. Novas ideias surgirão e, provavelmente, o próprio projeto sairá mais forte.

O brainstorming não é realizado apenas entre escritores ou criativos, mas praticamente já é feito em quase todas as empresas em todas as reuniões.

5- Faça algo diferente todos os dias

Estimular o cérebro com novas informações o tornará mais poderoso quando se trata de pensar.

Cair em uma rotina mental é fatal para a criatividade.

Você pode visitar um lugar novo, tomar café da manhã em um lugar diferente, escovar os dentes com a outra mão, vestir-se de maneira diferente. Tudo isso consiste em exercitar a mente.

6- Fique longe de computadores e dispositivos móveis

Não há dúvida de que estar conectado à internet traz grandes benefícios para os criativos, pois você pode se documentar sobre um tópico, buscar inspiração ou se divertir. Mas também é conveniente viver no mundo offline.

7- Leia livros

A leitura é sempre um grande catalisador para a criatividade. Se forem livros, melhor ainda, pois ajuda você a focar sua atenção por mais tempo do que em uma simples notícia da internet.

Ele fornece novas palavras e vocabulário, exercita a abertura a novas ideias, fornece mais ferramentas para organizá-las.

Digamos, por exemplo, que você decida ler um romance.

Quando você lê, você recria cada cena em sua imaginação, você reconstrói mentalmente cada detalhe narrado, você visualiza a evolução da história e até dá um rosto aos personagens.

Seu corpo se move no tempo e no espaço para o lugar onde cada cena acontece.

É como se você vivesse em um universo paralelo.

Isso se chama criatividade.

8- Cultive-se em geral

Já discutimos isso na época em que falamos sobre métodos para encontrar inspiração.

A cultura é importante porque, de certa forma, você é um artista, pois trabalha no mundo da criatividade.

É por isso que você tem que estar atento ao que está sendo feito na televisão, desde o documentário mais inteligente até o programa mais superficial. Você tem que deixar de fora seus escrúpulos.

Você deve estar ciente das últimas notícias em publicidade.

Você deve estar atualizado com as informações atuais.

Vale a pena visitar museus, exposições e assistir a palestras e conferências.

Claro, você tem que ir muito ao cinema e ao teatro.

E, claro, viajar de vez em quando.

9- Não fique com a primeira ideia que lhe vem à cabeça

É assim que é fácil.

E, claro, nunca será a melhor ideia.

É como quando você prova um bolo de chocolate. A primeira mordida é gostosa, mas o que realmente compensa é comer o pedaço inteiro. Se não, você fica com fome.

Você tem que inventar o que não acontece com os outros.

E os outros não pensam nisso porque têm a primeira ideia ou não podem ou não querem pensar mais.

A primeira ideia pode ser um bom começo. Então você tem que desenvolvê-lo.

E no desenvolvimento reside a verdadeira força da criatividade.

10- Saia da sua zona de conforto

Imagine que você está acostumado a escrever esquetes na televisão. E você já é muito bom nisso. O mais confortável, se continuarem contratando você, é escrever esboços a vida toda.

Por que você está ficando entediado só de ler?

E não apenas será chato, mas também deixará de estimular sua criatividade. Vai atropelá-la. Tudo se tornará uma rotina. Fácil, mas rotineiro.

É muito mais estimulante e, sobretudo, vai melhorar a tua criatividade, que te coloques desafios.

Que você tenta fazer coisas que nunca fez.

Não pare de aprender.

A criatividade precisa de desafios constantes.

Se você nunca fez publicidade, comece a fazê-lo. Se você nunca escreveu uma peça, por que não considerar uma? Saia da sua zona de conforto e você sofrerá, mas sua criatividade ficará mais forte e sua vida se tornará muito mais gratifica.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *