Mês: março 2021

Leblon conhecendo um pouco do charme e elegância

Vamos conhecer um dos bairros mais charmosos do Rio! O Leblon foi cenário de muitas novelas embaladas ao som da Bossa Nova. O ar elegante e o alto nível do bairro é sem dúvida um convite a conhecer o bairro.

O Leblon é sem dúvida um endereço elegante. Desde o nome do bairro , que vemos a sofisticação. Já surgiu do sobrenome de um Francês, que tinha uma chácara no local, em fins do século XIX. De lá pra muitas residências aristocráticas ocupam este linda bairro da zona sul carioca.

No início do século XX, houve o loteamento dos terrenos e deu-se início a construção residencial. Na década de 1920, as obras mais significativas foram as construções do Canal do Jardim de Alah e da Avenida Visconde de Albuquerque.

Veja então como a bela paisagem do Leblon acompanha as mudanças da sociedade atual. Desse modo os desejos pessoais também se transforma.

O Leblon junto com Ipanema é uma área de restinga nos tempos passados. Veja então que bela composição forma junto com a Lagoa Rodrigo de Freitas.

Sem dúvida os imóveis no Leblon seguem atendem aos anseios daqueles que buscam o bairro para morar. São assim prédios modernos, de acordo com as tendências do mercado imobiliário nacional.

O Leblon tem belas ruas arborizadas. Suas calçadas são verdadeiros ambientes bem decorados em área externa. Além disso as ruas do bairro são elegantes e charmosas. A Avenida Delfim Moreira bem diante do lindo mar do Leblon é um colírio para os olhos. Porém as ruas e quarteirões bairro adentro tem seu charme, sofisticação e elegância. A movimentada Avenida Bartolomeu Mitre liga a praia ao Hospital Miguel Couto e ao famoso Clube do Flamengo.

Porém o Leblon tem ruas charmosoas como é a Rua Adalberto Ferreira . Ela é uma charmosa rua residencial com calçamento elegante. Além disso são ruas bem iluminadas e arborizadas. Esse conjunto dá ao Leblon características de alto padrão e elegância. Nela está o Bar do Tom, pet shopp e demais tipos de comércio.

O bairro do Leblon é um ótimo local para passear e curtir momento de prazer. Vale a pena passar o dia no bairro visitando o comércio de alto nível do bairro. Além disso, os turistas encontram todas as comodidades que necessitam no bairro. Por outro lado, se o bairro desperta em você o interesse para morar você tem todo tipo de serviços e conveniências muito perto.

Como exemplo de moradia está o empreendimento Na rua Adalberto Ferreira 32 , o Forma Leblon Bait. É um condomínio moderno que faz uso de tecnologia e automação nas áreas comuns. Veja como morar no Leblon tem muitas vantagens.

A rua Adalberto Ferreira, A rua Tubira e a Rua Mario Ribeiro são ruas residenciais pertinho da Lagoa. Lá você pode praticar esportes e contemplar a belas paisagem da Lagoa. Além disso a vista para o cartão postal mais conhecido do mundo, o Cristo Redentor. No Leblon estão duas belas áreas de lazer:

  • Parque Morro Dois Irmãos. É entretanto muito arborizado e bucólico. Além disso é um bom espaço onde pode praticar esportes. Além disso, ambiente no qual seu pet pode correr e brincar. É igualmente muito favorável para sentar e conversar com amigos. De fato o ambiente é encantador. Além disso a vista da praia do Leblon e da Lagoa é deslumbrante.
  • Jardim de Alah. É pois uma área extensa. De fato começa na praia até e termina na Lagoa. Além disso é um espaço público muito agradável. É portanto, bastante arborizado com bancos e mesas. Também é um bom local por exemplo onde seu pet pode ficar a vontade.
  • Praia do Leblon. Que tal então ver gente bonita de toda parte do mundo? Então este é o lugar certo! Além disso você pratica esportes e também toma um bom banho de sol e de mar.

Veja então se formos falar do ensolarado Leblon passaríamos longas e prazerosas horas relatando locais e curiosidades de elegante e charmoso bairro.

6 alimentos que realmente precisam ficar na geladeira

A refrigeração é um dos maiores avanços do mundo moderno. A partir dela tivemos a possibilidade de conservar alguns tipos de alimentos com segurança por um prazo maior. O conceito de segurança alimentar só foi possível de ser elaborado com o advento da geladeira.

Uma pesquisa realizada em 1961, na Inglaterra, revelou que 50% das famílias britânicas possuíam televisão, mas apenas 20% dispunham de geladeira. Esses dados preocuparam os órgãos públicos na época, uma vez que já se tinha por necessário manter refrigerado todo tipo de alimento perecível.

A partir de então, em todo o mundo, foram elaborados estudos sobre a relação entre refrigeração e saúde. A verdade é que, ainda hoje, essa necessidade gera dúvidas. Pensando nisso, preparamos uma lista explicando o porquê de esses 6 alimentos precisarem ser mantidos na geladeira.

Laticínios

Derivados de leite, animal ou vegetal, devem estar sempre refrigerados em recipientes fechados. A combinação de gorduras, carboidratos e proteínas presentes nestes produtos compõe um ambiente propício para a proliferação de microrganismos, como fungos e bactérias.

Assim, queijos, manteigas, margarinas e mesmo o próprio leite, especialmente depois de abertos, devem permanecer na geladeira. Geralmente os rótulos desses produtos informam em quanto tempo eles devem ser consumidos, garantindo que a ingestão seja segura.

Ovos

Não é raro encontrar pessoas que preferem deixar os ovos fora da geladeira e, mesmo nos mercados, é bastante comum que eles não estejam refrigerados. Enquanto crus, os ovos estão bastante suscetíveis às mudanças de temperatura do ambiente, especialmente ao calor, o que pode estragar o alimento.

A refrigeração a uma temperatura constante conservará os ovos de maneira segura. É a forma mais eficaz de armazená-los.

Sobras de alimentos cozidos

Outra categoria de alimentos que gera bastantes dúvidas é a sobra de alimentos já preparados. Há muitas pessoas que preferem deixá-las no fogão, especialmente no intervalo entre almoço e o jantar. É verdade que isso pode ser bem perigoso.

É necessário esperar a comida esfriar, pois quando quente pode afetar o funcionamento da geladeira. O ideal é manter esses alimentos em refrigeração por, no máximo, 48 horas.

Ketchup

Segundo o Serviço de Saúde do Reino Unido, órgão público da região, estando dentro do prazo da validade, o ketchup pode ser consumido mesmo quando armazenado fora da geladeira, já que a acidez garante sua conservação e evita a proliferação de microrganismos. Por outro lado, a cor e o sabor são alterados se o produto não for devidamente refrigerado.

Assim, o melhor é mantê-lo na geladeira para garantir que não haja alterações.

Carnes

Carnes, de maneira geral, não podem ficar mais que duas horas fora da geladeira. Se a sua intenção é armazenar por mais de dois dias, é melhor que ela seja congelada. Como a maior parte dos alimentos de nossa lista, as carnes apodrecem rápido em razão da combinação de proteínas, gorduras e carboidratos em uma proporção ideal para a reprodução de microrganismos.

Maionese

Encerramos nossa lista com um dos alimentos mais perigosos de se deixar fora da geladeira. É importante lembrar que a maionese tem como base o ovo de galinha cru e, exatamente por isso, mesmo a temperatura ambiente pode colocar em risco sua qualidade.

É claro que ela pode ficar alguns minutos fora da geladeira enquanto é consumida, mas é importante checar a temperatura do ambiente para ter certeza de que ainda esteja fria. Outra dica é que se deve evitar comer maionese fora de casa, especialmente em lugares que não se tem certeza sobre a procedência e o armazenamento do produto.

E ai caro leitor do blog, sentiu falta de algum alimento? Aproveite o espaço abaixo e deixe o seu comentário!

Como criar um ambiente de trabalho “feliz”

‘Ambiente de trabalho’ é provavelmente o assunto mais comentado quando se trata de desenvolvimento de funcionários. Mas os cenários atuais de trabalho não parecem se importar muito com o fator de felicidade de seu local de trabalho.

Sentimos que é essencial criar um ambiente de trabalho que seja gratificante e que incentive os funcionários a se relacionarem melhor no trabalho. Isso pode funcionar como mágica quando se trata de expandir seus negócios e torná-los mais lucrativos.

Portanto, neste post, vamos nos aprofundar no que torna um ambiente de trabalho mais feliz e o que os líderes atuais devem fazer para garantir que sua equipe tenha o melhor ambiente de trabalho de todos os tempos.

O que significa felicidade no trabalho?

A felicidade no local de trabalho deve ser definida levando-se em consideração a sensação geral de prazer no trabalho, a capacidade da equipe de lidar com contratempos com elegância, conectando-se com todos de forma amigável e, finalmente, que seu trabalho não importa apenas para você, mas também para a organização.

A felicidade no trabalho pode estar ligada a todos os resultados desejáveis ​​que os empregados, empregador, local de trabalho e toda a organização esperam. Pode-se vincular o sentimento de felicidade a ser saudável e tornar-se mais criativo e eficiente na resolução de problemas; produzindo mais com menos e inovando até o topo da carreira.

Mas, e quando as mesmas pessoas “felizes” no trabalho enfrentam contratempos?

Bem, diante da adversidade, essas pessoas tendem a ver o quadro maior e têm uma baixa inclinação para o estresse. Eles têm melhores habilidades de enfrentamento e podem se recuperar de condições adversas com facilidade. Além disso, a felicidade no trabalho também pode resultar em pessoas cada vez melhores na resolução de conflitos internos e externos.

Além disso, quando você trabalha para tornar seu local de trabalho um lugar feliz, indiretamente está tornando as pessoas mais felizes e agradáveis. Eles se tornarão mais confiáveis ​​e merecedores de funções melhores à medida que desenvolverem qualidades de liderança neles. Agora que vimos o que significa felicidade no trabalho e o que ela traz consigo, é importante saber como lidar com toda essa coisa de ‘felicidade’ sem bagunçar seu local de trabalho.

Como trabalhar em prol da felicidade no trabalho?

Bem, não há uma resposta simples para essa pergunta. Mas, se você estudar diferentes locais de trabalho e tentar igualar os resultados, alguns pilares fundamentais para a felicidade no trabalho emergirão.

Vamos discuti-los, certo?

1. Propósito

Quando você fala sobre os valores essenciais de um funcionário, ‘propósito‘ tende a ser um grande reflexo daquilo a que eles dão mais importância.

Portanto, é importante alinhar seus comportamentos e decisões diárias com seus valores essenciais. Isso geralmente leva a fazer com que as pessoas no trabalho se sintam mais decididas.

2. Engajamento

Em geral, as pessoas gostam de trabalhar quando sentem que estão sendo envolvidas nas decisões da organização.

Para aumentar o engajamento no trabalho, os líderes devem priorizar a diversão, o humor, a criatividade e a diversão no trabalho. Além disso, dar às pessoas mais controle sobre o que farão diariamente, cronogramas, tarefas, desenvolvimento pessoal e muito mais pode melhorar significativamente seu engajamento, pois agora elas sentem que têm controle sobre seu trabalho no local de trabalho.

Por último, é importante que os líderes trabalhem para criar agendas menos agitadas e um espaço de trabalho mais envolvente ao fluxo de trabalho.

3. Resiliência

A felicidade geral no trabalho, como mencionado anteriormente, tem muito a ver com a capacidade das pessoas de enfrentar e aprender com contratempos, fracassos e decepções. Resiliência não significa trabalhar de forma a evitar contratempos e dificuldades. Significa criar melhores maneiras de superar desafios e tornar o local de trabalho um autêntico espírito de luta.

Uma maneira de implementar essas mudanças inovadoras em seu local de trabalho é encorajar as pessoas a se tornarem cada vez mais atentas para superar os hábitos aprendidos de autocrítica ou jogar o jogo da culpa, ou sentir-se desapontado ao pensar nos reveses e contrariedades do passado.

Esses hábitos podem tornar muito difícil para as pessoas trabalharem em equipe. Portanto, é importante inserir a atenção plena no ambiente de trabalho.

4. Bondade

A maioria das pessoas passa quase 40% da vida trabalhando.

Para fazer do local de trabalho sua “segunda casa” no mais verdadeiro sentido, é importante fazer com que as pessoas orientem seus pensamentos e ações no sentido de cuidar de seus colegas.

Ser gentil com todos ao seu redor fará com que seus funcionários desenvolvam dignidade e respeito. Não apenas a gentileza, as pessoas no trabalho devem praticar a empatia, a compaixão e a gratidão para tornar seu ambiente de trabalho e relacionamentos confiáveis.

Isso resultará em mais comprometimento e produtividade por parte dos funcionários e certamente tornará seu local de trabalho um lugar essencialmente mais feliz para se estar.

 

Benefícios de um local de trabalho feliz

Confira abaixo alguns dos benefícios que a felicidade pode trazer para a sua empresa

1. Desenvolvimento de funcionários

Cada ação e decisão tomada pelos líderes em um local de trabalho deve ser voltada para a melhoria e desenvolvimento de seus funcionários e local de trabalho.

Um local de trabalho mais feliz é aquele que está totalmente comprometido com o desenvolvimento das relações entre funcionários e administradores. Não há maneira certa de acertar, a não ser experimentar planos diferentes, fracassando, aprendendo e depois experimentando mais.

2. Flexibilidade e compreensão

A inovação e as novas ideias se desenvolvem em uma organização que oferece aos seus funcionários grande flexibilidade no trabalho.

Os funcionários ficam mais felizes quando seus supervisores lhes dão amplo espaço para cometer erros e fazer experiências com seu trabalho.

Além disso, os funcionários que consideram sua organização muito disposta a correr riscos de permitir que cometam erros, tendem a ter um grande compromisso com as metas e objetivos da empresa.

Aqui está um gráfico que o ajudará a entender o que leva os funcionários a produzir um ótimo trabalho.

Fatores que impulsionam os funcionários           Porcentagem de funcionários

Reconhecimento                                                           37%

Promoção                                                                          4%

Treinamento e desenvolvimento                             6%

Mais pagamento                                                             7%

Autonomia                                                                      12%

Líderes inspiradores                                                     12%

São automotivados e não precisam especificamente de nenhuma mudança dramática                                                                                                                                                                                       13%

Não sei                                                                              3%

Outro                                                                                  6%

3. Evitando o esgotamento do trabalho

Os líderes no trabalho devem trabalhar horas extras para desenvolver ideias e planos que possam ajudar sua equipe a sofrer menos desgaste pelo trabalho.

Não se trata apenas do número de horas que passaram no trabalho, mas também de como se sentem enquanto estão trabalhando. Eles se sentem valorizados quando dedicam tempo e esforço extras para realizar as tarefas?

Se seus funcionários não se sentirem valorizados ou tiverem dúvidas se são importantes para a empresa, eles ficarão ressentidos por gastar cada segundo extra que estiverem trabalhando em seu escritório.

4. Livrando-se de Obstáculos

O trabalho que os funcionários fazem em seu local de trabalho deve ser contínuo e sem obstáculos que atrapalhem seu fluxo e não os ajudem a atingir seu nível de produtividade.

Obstáculos em um ambiente de trabalho certamente resultam em baixa satisfação no trabalho. Os líderes e a gerência não devem esperar por entrevistas de saída para saber o que há de errado na empresa, mas devem agir proativamente para descobrir os problemas que o funcionário enfrenta ao trabalhar em sua organização.

5. Resolução de conflitos

Como todas as outras famílias do planeta, a família do seu escritório também terá conflitos que requerem atenção e reforço positivo.

Os líderes não devem presumir que um local de trabalho feliz é essencialmente um lugar sem conflitos. Os conflitos às vezes são passivos e podem se tornar dominantes em um momento muito inapropriado. Isso deve ser evitado a todo custo.

A única maneira de contornar os conflitos é garantir que a administração trabalhe de maneira construtiva – fazendo com que os funcionários se sintam seguros ao compartilhar os conflitos que vivenciam no trabalho.

6. Trabalho Significativo

Para cultivar um ambiente de trabalho mais feliz, os líderes precisam desenvolver programas que tornem os funcionários mais conscientes no trabalho. Isso pode ajudá-los efetivamente a vincular significado ao seu trabalho – algo que está faltando nas atuais organizações empresariais em todo o mundo.

A relação entre felicidade e significado é profunda e deve ser bem compreendida para que seus funcionários sintam que seu trabalho está proporcionando um grande significado para a organização.

Este sentimento e senso de contribuição leva a uma satisfação no trabalho altamente gratificante.

7. Sendo apreciado

Um estudo feito na Beework, um Coworking em Ribeirão Preto – SP, descobriu que assombrosos 80% dos funcionários sentem que serem apreciados e reconhecidos pelo trabalho que fazem na organização os faz sentir mais satisfeitos e cuidados.

Se os líderes desejam tornar a organização um lugar melhor para se trabalhar, eles precisam definir uma política que garanta que as pessoas que estão contribuindo para a melhoria da organização sejam reconhecidas e recompensadas regularmente.

Gostou do artigo do nosso site? Os funcionários de uma organização precisam saber que sua felicidade na empresa é importante mais do que qualquer outra coisa e você verá sua produtividade disparando.