Autor: Claudio

Como ser uma boa recepcionista

Como ser uma boa recepcionista

Leia o artigo e descubra como ser uma boa recepcionista!

Se você clicou nesse artigo, provavelmente já trabalha ou pretende trabalhar como recepcionista, certo? Esta é uma profissão exigida, mas ao mesmo tempo pode exigir muitas qualidades. Aprenda a ser uma boa recepcionista!

Com dicas simples, mostrarei o caminho que você deve seguir para se tornar o melhor profissional da sua área. Claro que, com muita perseverança, você certamente conseguirá esse emprego na empresa dos seus sonhos.

Para você que deseja começar nesta posição em que a maioria das empresas valoriza uma secretária, saiba que existem muitas oportunidades. A área de especialização permite percorrer diversos caminhos diferentes no mercado.

Como eu sei que você está procurando conhecimento, aprenda a ser uma boa recepcionista agora mesmo. Com essas dicas, o sonho de se tornar uma boa recepcionista de uma grande empresa se aproxima. Verifique!

O que é necessário para ser uma boa recepcionista?

Como ser uma boa recepcionista

Como acontece com qualquer cargo de escritório, certas habilidades e qualidades são necessárias para ter sucesso. Portanto, isso não é exceção para a recepcionista, pelo contrário, a procura é bastante elevada.

As empresas puderam ver que ter uma força de trabalho verdadeiramente qualificada pode mudar o curso de um negócio. Portanto, a demanda por administradores experientes e bem treinados aumentou significativamente.

Mesmo as grandes e médias empresas tendem a oferecer cursos para aprimorar o currículo e aprimorar as habilidades de seus funcionários. Mas já que tudo tem um começo, o seu pode ser agora, o que você acha?

Confira algumas dicas cuidadosamente selecionadas para você. Ao começar a usar esse conhecimento, tenha a certeza de que muitas portas se abrirão para você.

Trabalhe em sua comunicação

A principal qualidade que você deve desenvolver para se tornar uma grande recepcionista é uma boa comunicação. No final do dia, você estará em constante comunicação com os funcionários e, principalmente, com os clientes.

Para melhorar essa qualidade, você deve tentar falar com clareza, ter objetividade, precisão na mensagem recebida ou transmitida, saber administrar suas emoções e as emoções das pessoas, verificar se transmitiu todas as informações e, acima de tudo, ser capaz de ouvir.

São pontos importantes, porque você não quer passar informações pela metade para o seu chefe, quer? Ou pior, transmitir essas informações de uma forma que você não entenda ou não preste atenção.

Tenha uma organização perfeita.

Estar organizado em seu trabalho como recepcionista, além de preciso, é muito positivo para você. Em outras palavras, é provável que sua vida diária seja muito ocupada e, por exemplo, se você não souber onde deixar suas últimas mensagens, poderá ser prejudicado.

Não seria melhor ter tudo à mão? Só que o chefe precisa de um relatório que pediu a você no mesmo dia, e você não consegue encontrar. Esta é uma situação que pode testar sua habilidade e competência.

Então, saiba exatamente onde você coloca tudo, marque na sua mesa os locais onde cada tipo de documento deve estar. Organizando-se dessa forma, você pode criar um fluxo de trabalho e será uma questão de tempo antes de se tornar um bom recepcionista.

Seja pró-ativo e multitarefa na empresa.

A quem você acha que a empresa atribuirá a recepção? Para quem só atende ligações e manda mensagens, ou para quem atende ligações, manda mensagens, leva informações, atende a todos com igualdade e está sempre aberto a mudanças?

Esta é uma pergunta que não precisa de resposta, certo? Por isso, tente ser o mais pró-ativo possível, faça tudo o que lhe for pedido e muito mais, afinal as empresas hoje em dia precisam de pessoas que façam várias tarefas ao mesmo tempo.

Mesmo se você ouvir que isso não vai te levar a lugar nenhum ou que você gosta de fazer coisas boas, não dê ouvidos. Ser uma boa secretária significa fazer o melhor que pode, pois na maioria das vezes você precisa dessa pessoa no trabalho.

Mantenha sua compostura.

Se você acha que não haverá momentos desagradáveis ​​ao longo do caminho, você está enganado. É claro que sempre haverá alguém que tem um dia ruim, tem problemas pessoais e que acabará por despejar sua frustração em você.

É importante e incentivado manter uma postura educada e profissional durante esse período. Portanto, tente lidar com a situação de forma a acalmar a pessoa e dissuadi-la de tais ações.

Essa é uma característica muito popular de um bom recepcionista, ou seja, aquele profissional que sempre consegue criar harmonia no ambiente. Manter a calma é sinal de uma pessoa determinada, experiente e realmente pronta para trabalhar.

O que gato pode comer? Melhores alimentos

O que gato pode comer?

Mesmo que os gatinhos não tenham a marca registrada da gula canina, eles ainda podem adorar certos alimentos. Porém, nesse momento, a pergunta sempre permanece: além de ração, petisco de gato e lanches específicos, que tipo de alimento seu gato pode comer? Se o seu gatinho não tem problemas de saúde, pode oferecer-lhe frutas, vegetais e proteínas de vez em quando. Mas tenha cuidado! Nem todos os alimentos podem ser consumidos por gatos. O chocolate, por exemplo, está na lista dos alimentos proibidos devido ao risco de envenenar seu animal de estimação.

Escolha sempre alimentos frescos, bem lavados e de preferência cozinhados. Além disso, esses alimentos não podem substituir as refeições principais, devem ser oferecidos como lanches e com moderação. Se você está pensando em substituir sua ração por alimentos naturais, procure um veterinário especializado em nutrição. Somente um profissional pode indicar a necessidade, quantidade e proporção ideal.

Para ajudá-lo, listamos alguns alimentos que os gatos podem comer. Venha e descubra!

Frutas que os gatos podem comer

As frutas podem ser oferecidas a um gatinho sem problemas se forem consumidas em pequenas quantidades. Mas nem todos são permitidos! Alguns desses alimentos podem conter grandes quantidades de açúcar e outras substâncias prejudiciais à saúde dos gatos. Sementes e cascas também devem ser monitoradas – essas partes devem ser removidas antes de oferecê-las aos gatinhos. Aqui estão algumas frutas permitidas:

  • Melancia: Rica em minerais e vitaminas A e C, a melancia é uma ótima opção para manter os gatinhos hidratados nos dias mais quentes. A fruta também aumenta a imunidade;
  • Melão: Assim como a melancia, o melão é altamente hidratante. É rico em vitaminas C e B6, potássio e fibras. Sementes e cascas devem ser descartadas;
  • Morangos: um potente antioxidante, os morangos aumentam o sistema imunológico e são antiinflamatórios. A fruta também é rica em vitaminas A, B e C;
  • Maçã: uma fonte de vitaminas B, C e E, as maçãs são ricas em fibras e componentes que previnem certas doenças. Antes de dar a um gatinho, retire o caule e as sementes: essas partes contêm uma substância chamada ácido cianídrico, que pode ser tóxica para os animais;
  • Pêra: Rica em fibras e vitaminas A, B e C, a pêra previne o diabetes e melhora o funcionamento do intestino. Como uma maçã, deve ser oferecida sem sementes e sem caule.

Posso dar ovo para o meu gato? Confira os alimentos ricos em proteínas para felinos.

Os ovos de galinha são um dos alimentos mais consumidos no mundo pelas pessoas, sejam eles cozidos, fritos ou preparados de acordo com receitas diversas. E isso não é surpreendente: o ovo é muito saudável e é uma fonte muito rica em proteínas magras. Em outras palavras, quase não tem carboidratos e tem um mínimo de gordura. E os gatos? Sim, um gato pode comer ovos, e isso é muito útil para eles. Os macronutrientes presentes na comida podem ser um suplemento à dieta do seu gatinho.

Como os gatinhos são carnívoros, eles precisam de uma dieta rica em proteínas. Alimentos de qualidade proporcionarão a quantidade ideal para um estilo de vida saudável. No entanto, você pode oferecer guloseimas ao seu gato. Além dos ovos, observe outros alimentos ricos em proteínas permitidos:

  • Queijo: a maioria dos gatos adora queijo e pode comê-lo com moderação, se não estiver acima do peso. Escolha queijos mais macios e com menos sal, como a ricota, e sirva de lanche para mantê-los satisfeitos. Cremes de queijo também podem ser dados de vez em quando;
  • Iogurte desnatado: sinta-se à vontade para alimentar o seu gatinho com o que sobrar do pote. Eles amam o sabor amargo da comida. Idealmente, deve ser iogurte desnatado, que tem uma concentração menor de gordura e açúcar;
  • Atum: os gatos adoram este peixe, mas não distribua o atum em lata que encontramos nos supermercados. Algumas das substâncias do frasco podem envenenar o animal. O ideal é servir peixes frescos, desossados, levemente cozidos.

Posso dar vegetais para o meu gato?

A resposta é SIM! Você pode dar comidas naturais para o seu gato, além de muito gostosas, elas oferecem diversos benefícios, como podemos ver nesse outro artigo, clicando aqui. Segue alguns vegetais que seu gatinho pode comer e vai amar:

  • Batata-doce: rica em vitaminas A, B e C, a batata-doce ajuda a fortalecer os dentes e as gengivas e a prevenir doenças respiratórias. Ofereça-o fervido em água ou no vapor;
  • Cenouras: cenouras levemente fritas em água são o lanche perfeito para o seu gatinho. As leguminosas, ricas em fibras e vitaminas A, C e K, ajudam a manter uma pelagem saudável e a melhorar o metabolismo dos nutrientes;
  • Abóbora: uma fonte de fibra e proteína, a abóbora ajuda a melhorar a função intestinal dos felinos. Deve ser oferecido sempre cozido, sem cascas e sem sementes;
  • Alface: uma boa fonte de hidratação e é rica em ferro, cálcio, antioxidantes e vitamina A. É boa para os ossos e ajuda a melhorar o funcionamento do intestino. Os alimentos podem ser oferecidos crus, mas devem ser bem lavados;
  • Ervilhas: As ervilhas são ricas em magnésio e proteínas, são fáceis de digerir e podem ajudar o seu gatinho. Sempre ofereça comida cozida;
  • Brócolis: Um poderoso antioxidante e fonte de vitaminas A, B1, B2, B6 e C, o brócolis é amado pelos animais. Ele também apoia a saúde óssea, pois contém cálcio, ferro e potássio. Prepare-o antes de dar ao seu gatinho.

O que meu gato NÃO PODE COMER!

O que gato pode comer

Como os cães, muitos alimentos não podem fazer parte da dieta felina em nenhuma circunstância. O corpo dos animais de estimação é sensível a certas substâncias que são transportadas pelo homem, e seu consumo pode até matar o seu animal de estimação. Veja uma lista de alguns dos alimentos proibidos:

  • Uvas e passas
  • Cebola
  • Alho
  • Cogumelos
  • Abacate
  • Leite de vaca
  • Ossos
  • Chocolate
  • Um tomate
  • Café

Em caso de dúvida, sempre faça uma pesquisa ou converse com seu veterinário antes de alimentar seu gatinho com novos alimentos.

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

O excesso pode ser prejudicial em muitos casos e, quando se trata de alimentos que prejudicam os dentes, isso acaba acarretando em diversos problemas. Assim, pode refletir tanto para as condições da arcada dentária quanto para toda a saúde, de uma forma geral.

A manutenção de um cardápio variado, com frutas, legumes, carnes e vegetais no prato, e bebidas saudáveis no copo, pode garantir às pessoas uma qualidade de vida plena e maior longevidade. 

Ainda assim, é preciso tomar cuidado com alguns ingredientes, mesmo naturais, que devem ser evitados, ao menos em excesso. 

Dessa forma, a saúde bucal não é prejudicada, nem mesmo outros organismos do corpo, que podem se transformar em grandes vilões de uma vida saudável.

Inclusive, um dos grandes problemas em manter uma dieta errática está no surgimento de diversos problemas a partir dos dentes. Muitos alimentos causam males que podem se tornar irreversíveis caso não tenha um tratamento adequado, sendo os mais comuns:

  • Cáries;
  • Manchas;
  • Trincas;
  • Erosões dentárias.

Pensando nisso, o profissional da área de odontologia pode indicar os alimentos que podem ser prejudiciais, os problemas com excessos e as vantagens em manter uma dieta devidamente regulada. 

Açúcar provoca cáries e obesidade

Adoçar os alimentos é uma atitude natural das pessoas, e o açúcar faz parte dos ingredientes que estão à disposição. Dentro da rotina social, o cafezinho adoçado vai bem desde o café da manhã até depois de uma refeição.

Contudo, ao aparecer uma dor de dente, o açúcar pode ser o culpado, pois ele está entre os maiores causadores de cáries. Então, é bom contar com um plano odontologico e ter sempre um profissional qualificado para o atendimento.

Ademais, as pessoas que não conseguem ficar longe do açúcar podem tomar alguns cuidados, como evitar o excesso na hora da sobremesa. 

A escovação dos dentes após as refeições também é uma solução eficiente, como na maioria das vezes que se trata de saúde bucal.

Sobre o cafezinho, há produtos que podem fazer parte do dia a dia, seja em casa, na padaria ou no restaurante. Há dois tipos de açúcar que podem ser incorporados na dieta: mascavo e demerara, ou então adoçante de uma planta stevia ou à base de sucralose.

Alimentos ácidos causam desgaste nos dentes

O mercado possui alimentos ácidos entre frutas como laranja, limão e mexerica. As conservas em vinagre também estão à disposição que, se consumidas em excesso, podem prejudicar seriamente as características dos dentes.

Inclusive, quando um paciente faz uma visita ao dentista utilizando o convenio odontologico, pode descobrir que o desgaste pode ter sido causado por causa da acidez desses alimentos. 

No caso das conservas, os pepinos e cenouras podem ser causadores de trincas ou dentes quebrados. Por isso, é preciso tomar cuidado na hora que for consumir esse tipo de produto.

Os dentistas recomendam que as frutas ácidas sejam sempre consumidas em forma de suco, ou se for ao natural, que seja junto com um copo de água ao final, principalmente para evitar resquícios na boca. 

Refrigerantes precisam ser evitados 

Os produtos industrializados são fabricados com excesso de açúcar, sendo assim, não há um profissional de convenio odontologico empresarial que aprove o consumo exagerado por crianças, adolescentes, adultos e idosos. 

Porém, mesmo assim, eles continuam sendo os favoritos na rotina, então, é preciso reforçar a higienização bucal sempre após a ingestão da bebida. Um bochecho com água, ou mesmo a escovação pode ajudar na redução da acidez e açúcar presentes no refrigerante. 

Pessoas que querem evitar o refrigerante, podem produzir uma bebida mais saudável. Basta utilizar água com gás e suco de uva integral. Equilibrando de maneira devida os ingredientes, sem adição de açúcar.

Dessa forma, os consumidores só vão precisar usar o plano dental coletivo empresarial quando for realmente preciso, pois todos os cuidados serão tomados.

É preciso focar em alimentos saudáveis

O equilíbrio é essencial quando se trata de alimentação, pois o consumo de vitaminas e nutrientes fornece energia para o corpo. Inclusive, muitas vitaminas funcionam para aumentar a imunidade contra vírus e bactérias.

Além disso, o uso de ingredientes saudáveis mantém o aspecto sadio, como a pele livre de cravos e espinhas. O sorriso também fica mais bonito, livre de cáries e outros problemas que podem surgir se houver excesso de alimentos prejudiciais à saúde. 

Tendo um plano odonto empresarial à disposição, as pessoas podem ficar tranquilas pois serão sempre atendidas, afinal,  ter dor de dente não é agradável. Ademais, a visita ao dentista regularmente é sempre bem-vinda.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Leia também: 6 alimentos que realmente precisam ficar na geladeira.