Categoria: Saúde

COLIVING: VIVER COM ECONOMIA E SUSTENTABILIDADE

Morar em um Coliving é para quem busca viver em um lugar economia e um estilo de vida sustentável. Além de ser um ótimo ambiente para quem gosta de compartilhar momentos em comunidade. Isso porque as moradias são bem próximas umas das outras. 

O coliving remete às vilas compartilhadas (cortiços), condomínios e repúblicas, mas existem algumas diferenças que caracterizam esse conceito. Geralmente,  são projetados e administrados por empresas especializadas em compartilhamento de moradias.

Há também grupos de pessoas ou empresas que se reúnem para alugar, comprar ou até mesmo construir colivings. Além disso, empreendimentos imobiliários estão usando como inspiração o conceito de coliving. Dessa forma criam apartamentos pequenos com áreas em comum, como cozinha, lavanderia e até mesmo coworking.

O convívio compartilhado é a chave para promover uma sociedade mais sustentável. Na década de 80 os colivings ganharam força nos EUA. Nos anos 90, o conceito de coliving chegou ao Canadá e no começo dos anos 2000 começou a fazer sucesso na Europa e Ásia.

No Brasil, o conceito de coliving começou a chamar atenção a pouco tempo por volta de 2013. Os coliving costumam ser construídos em áreas centrais e bem localizadas nas cidades, com boa mobilidade, cercado por estações de metrô.É uma ótima solução para quem quer reduzir o tempo de trajeto até o trabalho e ter mais qualidade de vida.

No Rio de Janeiro várias construtoras começaram a usar os coliving como inspiração para empreendimentos. Os bairros próximos ao centro são o foco desses projetos. Por exemplo, o lançamento Glória Del’Art Co Living, que é um condomínio pensado nesse conceito sustentável e econômico. Localizado no clássico bairro da Glória, o empreendimento fica a poucos minutos do centro. E ainda é cercado pela natureza, bem próximo a Marina da Glória.

O coliving é indicado para quem busca um estilo de vida mais econômico, além de troca de experiências e convivência em comunidade. Os jovens, são o público alvo, porém algumas  famílias também buscam viver em um ambiente como esse. Existem até mesmo colivings voltados para famílias com filhos. Nesses casos, os moradores formam uma rede de apoio que auxilia nos cuidados com as crianças.

A primeira grande vantagem de um coliving é a economia de recursos. Os empreendimentos são  construídos na maioria das vezes com materiais de baixo impacto ambiental (como placas solares e sistemas de reaproveitamento de água, por exemplo).

Os coliving são uma boa opção para uma moradia moderna. Um residencial que visa a sustentabilidade e o bom convívio em comunidade. Enfim, atende perfeitamente às demandas dinâmicas da sociedade atual. É um estilo de vida que se adaptou à contemporaneidade das grandes cidades.

O que é harmonização facial?

Você já ouviu falar sobre harmonização facial, a nova tendência em beleza e cuidados faciais?

A harmonização facial é um conceito novo no mundo da medicina estética que nos últimos anos vem ganhando adeptos até se tornar um tratamento muito demandado por homens e mulheres devido à eficácia de seus resultados. 

Consiste num conjunto de procedimentos estéticos variáveis ​​de acordo com cada paciente com o objetivo de realçar a beleza natural de cada pessoa através de pequenas modificações na sua fisionomia facial, realçando as forças e atenuando as imperfeições . 

Em geral, consegue, como o próprio nome sugere, uma aparência com maior harmonia nos traços faciais, melhora a simetria do rosto, transforma algumas características, redefine os ângulos para um contorno mais estilizado e trata diretamente o envelhecimento da pele .: restaura a luminosidade, regenera profundamente a pele, consegue maior elasticidade e volume nas zonas onde esta se perdeu. 

Os diferentes procedimentos que o compõem são minimamente invasivos, totalmente seguros e indolores. 

Um tratamento 100% personalizado

Cada rosto é único e requer diferentes necessidades e cuidados. Por isso, antes de iniciar o procedimento, o médico realiza um estudo personalizado das características do seu rosto para avaliar onde serão feitas as alterações e quais os objetivos a serem alcançados. As possibilidades são muitas, suavizar rugas e sulcos, nutrir e regenerar a pele, preencher sem exagerar as maçãs do rosto, queixo ou lábios, etc.

Analisamos também quais são as imperfeições que criam uma aparência mais envelhecida ou onde o tempo tem causado mais danos ao nível dérmico para poder trabalhar estas áreas e alcançar um rejuvenescimento e melhoria totais.

Harmonização facial passo a passo

  • Etapa 1: Faceflash

Em primeiro lugar, fazemos o Faceflash . Consiste em uma bioestimulação dupla com fatores de crescimento de plaquetas obtidos de seu sangue. Estas substâncias são aplicadas na pele com a tecnologia Tarrapen, um sistema de microagulhas vibratórias totalmente indolores que conseguem uma maior eficácia das substâncias porque permitem que penetrem profundamente na pele. 

Com o tempo, a estrutura da pele se deteriora, criando sulcos e manchas. Esta tecnologia Tarrapen também estimula os fibroblastos encontrados na estrutura sob a pele para produzir naturalmente mais colágeno elastina , as moléculas que mantêm a firmeza na pele. 

Desta forma, é possível restaurar o brilho, elasticidade e uniformidade da pele , melhorando os sinais de envelhecimento como texturas, manchas, poros, sulcos e marcas de acne. Os resultados são rapidamente apreciados e mantidos ao longo do tempo graças ao estímulo da produção de colágeno. 

Os fatores de crescimento regeneram a pele de todo o rosto e também podem ser aplicados no pescoço e decote, áreas onde o envelhecimento é mais visível e que normalmente tendem a ser esquecidas.

Decote pescoço rejuvenescimento facial. 

  • Etapa 2: preenchimento facial

A segunda fase da harmonização facial é geralmente o “preenchimento facial”, ou seja, preenchimentos faciais . Com eles conseguimos recuperar o volume perdido com diferentes substâncias. Por exemplo, é possível usar o inovador gel de plasma , uma substância de preenchimento obtida do seu próprio sangue.

Os resultados são totalmente naturais e por se tratar de uma substância proveniente do corpo, a rejeição ou reação alérgica é impossível . Eles também podem ser feitos com outros preenchimentos comuns, como ácido hialurônico 

Com o tempo, o rosto perde a gordura que lhe dá volume e a pele perde elasticidade. É assim que aparecem as rugas e um aspecto mais envelhecido devido ao “esvaziamento” que esta perda de volume deixa no contorno. Com os preenchimentos conseguimos projetar partes do rosto como as maçãs do rosto, queixo, nariz ou lábios , para que as rugas sejam eliminadas, os traços sejam realçados, proporcionando luminosidade e um formato mais estilizado e harmonioso seja alcançado nos traços. 

Esses materiais são totalmente seguros e o corpo os reabsorve naturalmente em um processo progressivo que dura até 6 meses. Os resultados são naturais, pois melhora a aparência do rosto, mas não altera a expressão ou a fisionomia de nossas feições. 

  • Etapa 3: toxina botulínica (Botox)

Por fim, usamos o botox para suavizar as rugas e evitar que se aprofundem.

A toxina botulínica é uma substância utilizada na medicina desde os anos setenta para tratar diversos problemas. Em medicina estética, seu uso revolucionou graças aos excelentes resultados que alcançou no tratamento de rugas e linhas de expressão. 

Seu efeito começa 24-72 horas após a injeção, podendo durar de 5 a 6 meses dependendo de cada paciente, o resultado é muito natural, a injeção de toxina botulínica tipo A é geralmente um método seguro, indolor e eficaz, desde que seja manuseado por um médico com os conhecimentos adequados para a sua correta aplicação.

Os efeitos são capazes de suavizar visivelmente as rugas e outros sinais de envelhecimento, como pés de galinha, rugas de expressão ou ao redor da boca . O tratamento destas rugas marcadas consegue eliminar o aspecto envelhecido e cansado que provocam, proporcionando um efeito lifting sem a necessidade de intervenção cirúrgica.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Tudo que você precisa saber sobre ginseng

O ginseng é uma das plantas mais conhecidas e tradicionais da antiga medicina chinesa, usada há mais de 4.000 anos, à qual são atribuídos vários benefícios à saúde.

A palavra traduzida ginseng é conhecida como ” raiz do homem” devido à forma que tem. Na China antiga, era considerado um símbolo da harmonia divina e planta rejuvenescedora. Não era usado apenas por via oral, mas também em loções, sabonetes e cremes. Na verdade, fazia parte da troca de mercadorias junto com a seda, nas antigas exportações da China.

O Ginseng contém vários componentes farmacológicos, incluindo ginsenosídeos, saponinas triperpênicas, poliacetileno, componentes polifenólicos e polissacarídeos, além de vitaminas do grupo B, vitamina C e E. Também rico em aminoácidos e minerais essenciais. Porém, usa-se a raiz da planta com pelo menos 5 anos.

Tipos de Ginseng

– Ginseng vermelho coreano, Panax Ginseng ou ginseng asiático, este ginseng é conhecido por ser de origem asiática

– Ginseng americano, Panax Quinquefolius

– Ginseng siberiano, Eleutherococcus , embora não seja realmente ginseng, também tem propriedades adaptogênicas como Panax

– Também mencionamos o ginseng indiano como Ashwagandha , assim como o anterior não é realmente ginseng

Embora existam mais de 11 espécies diferentes , realmente quando falamos sobre ginseng, geralmente se refere apenas a Panax.

Depois de seco e não processado, é o conhecido ginseng branco. Mas se tiver sido tratado ( cozido no vapor ) e depois seco, é o que chamamos de ginseng vermelho.

Para que é o Ginseng? Propriedades em Saúde

Todos nós conhecemos as propriedades contra a fadiga ou o estresse do ginseng, porém ele pode nos ajudar em outras ocasiões, basicamente mencionei as 5 mais relevantes.

1.- Estimulante, energizante

Uma das funções mais conhecidas do ginseng é fornecer energia ao corpo, pode ajudar a estimular tanto física como mentalmente, especialmente quando estamos exaustos ou muito cansados, o ginseng tem um alto teor de vitaminas do complexo B.

Além disso, possui uma grande capacidade tonificante . Embora devamos levar em conta a ação estimulante em pessoas que são especialmente sensíveis, pois pode alterá-los.

2.- Melhora o humor e reduz o estresse

Esta é outra das propriedades mais conhecidas do ginseng, que conhecemos como adaptogênica . Equilibrar o corpo como o sentimos naquele momento, reduzindo o estresse e melhorando a concentração .

De acordo com alguns estudos clínicos, eles conferem propriedades para melhorar o humor e a capacidade mental . A dose nos estudos era de 200 mg / dia, e na primeira semana já notavam os efeitos, se a dose fosse aumentada para 400 mg / dia melhorava os problemas de estresse e a capacidade de concentração e atividades cognitivas.

Outros estudos em que foi estudada a capacidade de controlar o estresse e consequentemente a quantidade de cortisol secretado nessas situações. Para este ginseng, uma dose baixa de ginseng 100 mg / dia é recomendada para melhorar a fadiga adrenal.

3.- Propriedades antiinflamatórias

Os componentes ativos do ginseng são os ginsenosídeos, essas substâncias têm ações antiinflamatórias e imunológicas.

Na verdade, a relação dessa ação com o câncer é indicada, alguns médicos indicam que ela pode ajudar a prevenir a inflamação e alguns dos efeitos indesejáveis ​​dos tratamentos quimioterápicos.

As propriedades antiinflamatórias devem-se ao fato de que o ginseng atua regulando as citocinas, proteínas responsáveis ​​pela inflamação.

Da mesma forma, o efeito antiinflamatório pode ser traduzido em propriedades antialérgicas  como rinite, congestão nasal, coceira … O ginseng ajuda a reduzir a inflamação ou a resposta do corpo aos alérgenos.

4.- Propriedades contra a disfunção erétil

jornal britânico de farmacologia clínica indicou que havia evidências reais da eficácia do tratamento da disfunção erétil. A impotência pode ser devida a componentes psicológicos e fisiológicos, como diabetes, problemas cardíacos, danos vasculares ou nervosos, colesterol, obesidade ou drogas que atuam no SNC.

O ginseng pode ajudar a combater algumas dessas causas , a nível psicológico e de vasodilatação.

5.- Controle de peso, ajuda você a perder peso

O chá de ginseng ajuda a controlar o apetite e melhora a queima de calorias, aumentando o metabolismo.

As bagas de ginseng também têm ação anti-obesidade e antidiabética, reduzindo os níveis de açúcar no sangue.

Como Tomar Ginseng

Podemos encontrar o ginseng em cápsulas, tabletes, tabletes, pó, extratos, chás ou infusões e cosméticos.

O mais importante é a qualidade do ginseng, visto que existem muitas marcas e muitos tipos diferentes, o importante é que contenham pelo menos 7% de Ginsenósidos.

O ginseng estimula, por isso é aconselhável começar com uma dose baixa e aumentar.

A dose mais comum é de 800 mg / dia , embora possa ser aumentada até esta dose duas vezes ao dia , dependendo das necessidades de cada pessoa, especialmente tendo em conta que pode deixar algo nervoso ou pode aumentar a pressão arterial.

É preferível não tomá-lo por mais de três meses consecutivos.

Porém, por ter ação estimulante, não deve ser tomado junto com outros estimulantes como guaraná, cafeína ou carnitina.

Se quisermos preparar um chá ou infusão , é preferível comprar a raiz de ginseng, e prepará-lo com alguns pedaços de ginseng e água fervente, você pode colocar uma rodela de limão ou algumas folhas de hortelã.

Pode ser combinado com outras plantas , dependendo do efeito, costuma ser combinado com Maca ou Tribulus terrestres, principalmente quando a ação se destina a nível sexual. Com Rhodiola ou Ashwagandha quando você tem estresse e precisa de um suplemento para melhorar a concentração e a memória. Com geleia real para melhorar as defesas.

O ginseng em cosméticos  pode ser útil em cremes anticelulite , pois podem atuar contra os adipócitos e reduzir o edema. Como combustão de gorduras e para reduzir o volume, costuma ser combinado com chá verde e cafeína.

Por isso, normalmente também é recomendado em cremes para o contorno dos olhos , principalmente para o problema das bolsas nos olhos, combinando-o com ginkgo biloba, chá verde e células-tronco vegetais.

Na cosmética facial, por ser tonificante, ajuda a melhorar o tom e a cor da pele, em combinação com a vitamina C.

CONTRA-INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES

Nas mulheres, seu uso deve ser controlado devido ao seu conteúdo de fitoestrógenos .

Em pacientes hipertensos, eles podem causar aumento da pressão arterial.

Em pessoas muito nervosas, também pode aumentar o estado de nervosismo.

Também em pessoas que sofrem de insônia , não aconselho. Ou pelo menos não tome depois das 15h.

Sintomas de overdose:

  • Hipertensão, taquicardias
  • Insônia
  • Enxaquecas e dores de cabeça
  • Nervosismo e irritabilidade
  • Boca seca
  • Náusea
  • Diarréia
  • Comichão, vermelhidão da pele, edema da pele
  • Nas mulheres, devido ao conteúdo de fitoestrogênio, pode causar dor nas mamas e até menorréia

Interações medicamentosas:

Eles não devem ser combinados com IMAOs, antidepressivos, inibidores da monoamina oxidase.

Em medicamentos anti-hipertensivos , incluindo bloqueadores dos canais de cálcio.

Com anticoagulantes , como a varfarina ou simplesmente com aspirina, pode causar aumento desse efeito anticoagulante.

Evite a ingestão de cafeína ou outras bebidas ou alimentos estimulantes que possam produzir efeitos colaterais, devemos lembrar que eles contêm cafeína e outras bases xânticas, café, chá e chocolate.

Alguns medicamentos para resfriado e gripe podem ser contra-indicados junto com o ginseng, especialmente se ele contiver vasoconstritores e descongestionantes, como pseudoefedrina ou difenidramina, e outros componentes estimulantes, como codeína e cafeína.

Também não deve ser tomado junto com outros produtos, mesmo que sejam naturais, como kava kava ou erva de São João.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

Saiba quais alimentos são prejudiciais para seus dentes

O excesso pode ser prejudicial em muitos casos e, quando se trata de alimentos que prejudicam os dentes, isso acaba acarretando em diversos problemas. Assim, pode refletir tanto para as condições da arcada dentária quanto para toda a saúde, de uma forma geral.

A manutenção de um cardápio variado, com frutas, legumes, carnes e vegetais no prato, e bebidas saudáveis no copo, pode garantir às pessoas uma qualidade de vida plena e maior longevidade. 

Ainda assim, é preciso tomar cuidado com alguns ingredientes, mesmo naturais, que devem ser evitados, ao menos em excesso. 

Dessa forma, a saúde bucal não é prejudicada, nem mesmo outros organismos do corpo, que podem se transformar em grandes vilões de uma vida saudável.

Inclusive, um dos grandes problemas em manter uma dieta errática está no surgimento de diversos problemas a partir dos dentes. Muitos alimentos causam males que podem se tornar irreversíveis caso não tenha um tratamento adequado, sendo os mais comuns:

  • Cáries;
  • Manchas;
  • Trincas;
  • Erosões dentárias.

Pensando nisso, o profissional da área de odontologia pode indicar os alimentos que podem ser prejudiciais, os problemas com excessos e as vantagens em manter uma dieta devidamente regulada. 

Açúcar provoca cáries e obesidade

Adoçar os alimentos é uma atitude natural das pessoas, e o açúcar faz parte dos ingredientes que estão à disposição. Dentro da rotina social, o cafezinho adoçado vai bem desde o café da manhã até depois de uma refeição.

Contudo, ao aparecer uma dor de dente, o açúcar pode ser o culpado, pois ele está entre os maiores causadores de cáries. Então, é bom contar com um plano odontologico e ter sempre um profissional qualificado para o atendimento.

Ademais, as pessoas que não conseguem ficar longe do açúcar podem tomar alguns cuidados, como evitar o excesso na hora da sobremesa. 

A escovação dos dentes após as refeições também é uma solução eficiente, como na maioria das vezes que se trata de saúde bucal.

Sobre o cafezinho, há produtos que podem fazer parte do dia a dia, seja em casa, na padaria ou no restaurante. Há dois tipos de açúcar que podem ser incorporados na dieta: mascavo e demerara, ou então adoçante de uma planta stevia ou à base de sucralose.

Alimentos ácidos causam desgaste nos dentes

O mercado possui alimentos ácidos entre frutas como laranja, limão e mexerica. As conservas em vinagre também estão à disposição que, se consumidas em excesso, podem prejudicar seriamente as características dos dentes.

Inclusive, quando um paciente faz uma visita ao dentista utilizando o convenio odontologico, pode descobrir que o desgaste pode ter sido causado por causa da acidez desses alimentos. 

No caso das conservas, os pepinos e cenouras podem ser causadores de trincas ou dentes quebrados. Por isso, é preciso tomar cuidado na hora que for consumir esse tipo de produto.

Os dentistas recomendam que as frutas ácidas sejam sempre consumidas em forma de suco, ou se for ao natural, que seja junto com um copo de água ao final, principalmente para evitar resquícios na boca. 

Refrigerantes precisam ser evitados 

Os produtos industrializados são fabricados com excesso de açúcar, sendo assim, não há um profissional de convenio odontologico empresarial que aprove o consumo exagerado por crianças, adolescentes, adultos e idosos. 

Porém, mesmo assim, eles continuam sendo os favoritos na rotina, então, é preciso reforçar a higienização bucal sempre após a ingestão da bebida. Um bochecho com água, ou mesmo a escovação pode ajudar na redução da acidez e açúcar presentes no refrigerante. 

Pessoas que querem evitar o refrigerante, podem produzir uma bebida mais saudável. Basta utilizar água com gás e suco de uva integral. Equilibrando de maneira devida os ingredientes, sem adição de açúcar.

Dessa forma, os consumidores só vão precisar usar o plano dental coletivo empresarial quando for realmente preciso, pois todos os cuidados serão tomados.

É preciso focar em alimentos saudáveis

O equilíbrio é essencial quando se trata de alimentação, pois o consumo de vitaminas e nutrientes fornece energia para o corpo. Inclusive, muitas vitaminas funcionam para aumentar a imunidade contra vírus e bactérias.

Além disso, o uso de ingredientes saudáveis mantém o aspecto sadio, como a pele livre de cravos e espinhas. O sorriso também fica mais bonito, livre de cáries e outros problemas que podem surgir se houver excesso de alimentos prejudiciais à saúde. 

Tendo um plano odonto empresarial à disposição, as pessoas podem ficar tranquilas pois serão sempre atendidas, afinal,  ter dor de dente não é agradável. Ademais, a visita ao dentista regularmente é sempre bem-vinda.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Leia também: 6 alimentos que realmente precisam ficar na geladeira.

6 alimentos que realmente precisam ficar na geladeira

A refrigeração é um dos maiores avanços do mundo moderno. A partir dela tivemos a possibilidade de conservar alguns tipos de alimentos com segurança por um prazo maior. O conceito de segurança alimentar só foi possível de ser elaborado com o advento da geladeira.

Uma pesquisa realizada em 1961, na Inglaterra, revelou que 50% das famílias britânicas possuíam televisão, mas apenas 20% dispunham de geladeira. Esses dados preocuparam os órgãos públicos na época, uma vez que já se tinha por necessário manter refrigerado todo tipo de alimento perecível.

A partir de então, em todo o mundo, foram elaborados estudos sobre a relação entre refrigeração e saúde. A verdade é que, ainda hoje, essa necessidade gera dúvidas. Pensando nisso, preparamos uma lista explicando o porquê de esses 6 alimentos precisarem ser mantidos na geladeira.

Laticínios

Derivados de leite, animal ou vegetal, devem estar sempre refrigerados em recipientes fechados. A combinação de gorduras, carboidratos e proteínas presentes nestes produtos compõe um ambiente propício para a proliferação de microrganismos, como fungos e bactérias.

Assim, queijos, manteigas, margarinas e mesmo o próprio leite, especialmente depois de abertos, devem permanecer na geladeira. Geralmente os rótulos desses produtos informam em quanto tempo eles devem ser consumidos, garantindo que a ingestão seja segura.

Ovos

Não é raro encontrar pessoas que preferem deixar os ovos fora da geladeira e, mesmo nos mercados, é bastante comum que eles não estejam refrigerados. Enquanto crus, os ovos estão bastante suscetíveis às mudanças de temperatura do ambiente, especialmente ao calor, o que pode estragar o alimento.

A refrigeração a uma temperatura constante conservará os ovos de maneira segura. É a forma mais eficaz de armazená-los.

Sobras de alimentos cozidos

Outra categoria de alimentos que gera bastantes dúvidas é a sobra de alimentos já preparados. Há muitas pessoas que preferem deixá-las no fogão, especialmente no intervalo entre almoço e o jantar. É verdade que isso pode ser bem perigoso.

É necessário esperar a comida esfriar, pois quando quente pode afetar o funcionamento da geladeira. O ideal é manter esses alimentos em refrigeração por, no máximo, 48 horas.

Ketchup

Segundo o Serviço de Saúde do Reino Unido, órgão público da região, estando dentro do prazo da validade, o ketchup pode ser consumido mesmo quando armazenado fora da geladeira, já que a acidez garante sua conservação e evita a proliferação de microrganismos. Por outro lado, a cor e o sabor são alterados se o produto não for devidamente refrigerado.

Assim, o melhor é mantê-lo na geladeira para garantir que não haja alterações.

Carnes

Carnes, de maneira geral, não podem ficar mais que duas horas fora da geladeira. Se a sua intenção é armazenar por mais de dois dias, é melhor que ela seja congelada. Como a maior parte dos alimentos de nossa lista, as carnes apodrecem rápido em razão da combinação de proteínas, gorduras e carboidratos em uma proporção ideal para a reprodução de microrganismos.

Maionese

Encerramos nossa lista com um dos alimentos mais perigosos de se deixar fora da geladeira. É importante lembrar que a maionese tem como base o ovo de galinha cru e, exatamente por isso, mesmo a temperatura ambiente pode colocar em risco sua qualidade.

É claro que ela pode ficar alguns minutos fora da geladeira enquanto é consumida, mas é importante checar a temperatura do ambiente para ter certeza de que ainda esteja fria. Outra dica é que se deve evitar comer maionese fora de casa, especialmente em lugares que não se tem certeza sobre a procedência e o armazenamento do produto.

E ai caro leitor do blog, sentiu falta de algum alimento? Aproveite o espaço abaixo e deixe o seu comentário!