Seguro de bicicleta – Tudo que você precisa saber

Seguro de bicicleta – Tudo que você precisa saber

Você é daqueles que gosta de se locomover em duas rodas para ir ao trabalho, fazer compras ou simplesmente por lazer? Então este post te interessa. Continue lendo, pois revelamos tudo o que você precisa saber sobre a importância de ter um seguro de bicicleta.

O seguro de bicicleta é obrigatório?

Não. Não há obrigação de contratar um seguro de bicicleta elétrica ou qualquer outro tipo de seguro, por mais que você use diariamente. Isso é contemplado pela Direção Geral de Trânsito (DGT). Isso não significa que não seja conveniente ter um, e ainda mais considerando a velocidade que você pode alcançar ao pedalar.

Portanto, se você está preocupado que sua bicicleta seja roubada, é mais do que recomendado que você faça uma apólice o mais rápido possível. Não arrisque se mover dessa maneira se ainda não tiver um que o convença 100%. Chegou a hora de considerar ter um recurso de segurança extra que lhe poupará muitas dores de cabeça.

Qual é o melhor seguro para a sua bicicleta elétrica ou outra?

Se você deseja contratar o melhor seguro de bicicleta, é importante ficar atento às coberturas que as empresas que você consulta podem lhe oferecer. Considere qual deles fará você se sentir realmente protegido em diferentes situações hipotéticas.

Estas são as coberturas mais úteis e às quais é mais frequente ter de recorrer. Não vá sem eles!

1. Cobertura de responsabilidade

Imagine que você sai para passear de bicicleta e sofre um acidente no qual uma ou mais pessoas acabam se envolvendo. Um seguro de responsabilidade civil é aquele que cobrirá os possíveis danos corporais sofridos por aquela pessoa ou pessoas se foi você que causou o acidente.

2. Proteção legal

Se, em consequência de um acidente, você precisar de um advogado para representá-lo, é importante que sua companhia de seguros disponibilize um sem limite. Tem também a possibilidade de procurar o advogado que pretende e que, graças ao seguro de bicicletas que tem, a sua empresa cobre as despesas até um valor económico previamente fixado. 

3. Danos acidentais

Aqui nos referimos aos danos que você pode sofrer como resultado de um acidente que ocorra externamente, imprevisto e, acima de tudo, além de sua intenção. Esse tipo de situação também tem outra consequência direta: que sua bicicleta fique privada de seu funcionamento normal. Um bom seguro irá ajudá-lo a cuidar tanto de uma coisa quanto de outra.

Essas que você acabou de conhecer são as três principais coberturas que o seguro para sua moto deve incluir. Existem outras de natureza secundária que podem ou não estar presentes na apólice que subscreve, como assistência em viagem, roubo, etc. Você terá que ser o único a avaliar sua conveniência.

Quanto custa o seguro da bicicleta?

Agora que você sabe que o seguro de bicicleta não é obrigatório, mas está ciente de sua grande importância, com certeza você estará se fazendo outra pergunta. Referimo-nos ao relativo ao desembolso econômico que sua contratação e manutenção acarretará.

Não existe uma resposta única para a questão de quanto custa o seguro de bicicleta. A verdade é que seu preço será definido, em parte, dependendo do modelo que você possui e seu valor de mercado. E, além desses aspectos relacionados ao próprio aparelho, entram em jogo outras variáveis ​​muito diversas, desde sua data de nascimento até o CEP de sua casa. 

Isso é necessário para que a empresa possa ajustar as taxas da forma mais justa para ambas as partes. De qualquer forma, e como regra geral, você sempre encontrará apólices baratas ao alcance de todos os bolsos. Por exemplo, pelo preço de apenas dois cafés você não terá que se preocupar com aqueles contratempos indesejados que podem surgir facilmente.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *