Você sabe da importância das redes de proteção?

Você sabe da importância das redes de proteção?

Não é incomum vermos notícias nos jornais de crianças que acabaram se acidentando e até perdendo a vida por quedas de janelas e sacadas/varandas dos apartamentos ou casas altas nas quais moravam, isso mostra a importância das redes de proteção em sp.

Em um segundo que seja de distração, o pior pode acontecer e as consequências estão longe de serem agradáveis.

No último ano, cerca de 612 crianças menores de 14 anos foram internadas por quedas de janelas de prédio, conforme dados do Ministério da Saúde. E isso considerando apenas os atendimentos realizados no SUS (Sistema Único de Saúde). Ou seja, esse número pode ser bem maior, se incluir os atendimentos em hospitais particulares.

Por essa razão, muitos especialistas em segurança falam da necessidade e da importância das redes de proteção para evitar que as crianças sofram quedas, especialmente em prédios. O uso dessas redes ajuda a impedir que os pequenos ultrapassem o limite das janelas ou subam no parapeito das sacadas/varandas.

Qual a importância das redes de proteção?

Só quem tem filhos pequenos e mora em apartamento ou casa alta, sabe que o menor dos descuidos pode se transformar em sérios problemas, uma vez que espaços abertos oferecem risco de queda.

Se para os adultos, os riscos de acidentes por estar perto de janelas e sacadas já são grandes, imagina para as crianças. Não é mesmo?! Estes que geralmente são imprevisíveis e muito agitados, principalmente quando estão brincando.

A importância das redes de proteção está exatamente em sua funcionalidade, que é resguardar e proteger as crianças, para que não sofram quedas e se machuquem. Ao revestir as janelas e outros espaços abertos do apartamento/casa, indiferente do cômodo (é aconselhável que seja instala em todos), a segurança da sua família é garantida e você fica mais tranquilo quando estiver ausente.

As redes de proteção proporcionam técnicas modernas de proteção, utilizando materiais de primeira qualidade, e assim diminuindo a periculosidade do ambiente para as crianças. Em geral, são fabricadas de monofilamentos de polietileno ou poliamida (Nylons) torcidos, ambos com filamentos de alta densidade.

Tratamentos contra os raios ultravioletas e outras ações do clima, evitando o envelhecimento precoce do fio. A instalação é realizada com ganchos de aço zincados ou inox para buchas nº 8, e o espaçamento máximo entre os ganchos de fixação deve ser sempre em torno de 30 cm cada.

É preciso entender qual a importância da instalação das redes

Após o caso de uma menina de um ano brincando do lado de fora do parapeito da janela, repercutir na internet, muitos pais abriram os olhos para a importância das redes de proteção. A menina somente não caiu, porque a janela em questão possuía rede de proteção instalada, porém, a situação poderia ser outro caso não tivesse.

Pensando em alertar a população para a necessidade de fazer a segurança dos apartamentos e evitar acidentes, o programa Fantástico, da emissora Globo, fez uma reportagem falando sobre a importância das redes de proteção e a sua instalação.

Através de testes de qualidade, realizados no laboratório de uma empresa fabricantes de redes, a reportagem mostra quais os pontos de segurança que precisam ser levados em consideração na hora de escolher uma rede de proteção.

E também citou algumas recomendações que os moradores devem observar para que a rede cumpra rigorosamente a sua função de manter a segurança dos ambientes.

Quais os testes foram feitos?

Os testes realizados foram: resistência e projeção de peso.

  • Resistência: conforme prevê a norma que regem a fabricação das redes de proteção, ao ser esticada, cada malha deve suportar 50kg. E após o período de uso, pelo menos 32kg.
    Ou seja, se a rede suportar abaixo desses valores, não é de boa qualidade.
  • Projeção de peso: a projeção do peso equivale a resistência da malha. Assim como também prevê a norma, se a rede suporta 50kg, deve sustentar a projeção de uma pessoa de aproximadamente 80kg em uma velocidade de até 8km/h.

Em resumo, a rede de proteção deve atender esses dois pontos para garantir a segurança e
assim evitar os riscos de queda.

Recomendações de segurança

Veja abaixo as recomendações dadas pelo especialista em redes de proteção, para manter os ambientes seguros e as redes sempre funcionais.

  • Ganchos abertos: é preciso verificar sempre se os ganchos estão bem presos e fechados, não possibilitando a abertura lateral da rede;
  • Substituição: os fabricantes recomendam a substituição da rede de proteção a cada 5
    anos;
  • Verificar resistência: é aconselhável fazer um teste de resistência na rede, puxando as
    malhas, para ter certeza de que elas estão fortes e não irão romper. Caso rasgue, é hora de
    trocar;
  • O espaço entre os ganchos: observe se o espaçamento entre os ganchos não está grande demais. O ideal é que distância seja de até 35cm. Maior do que isso e há a possibilidade de uma criança passar pela abertura;
  • O espaço das malhas: a malha da rede de proteção deve ser de, no máximo, 5cm.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *