Como fazer uma boa redação com tema livre?

Como fazer uma boa redação com tema livre?

Em algum momento da sua vida você já precisou escrever um texto como parte do processo seletivo para uma vaga. Esse momento é de tensão e nervosismo, mas com algumas técnicas em mente tem como fazer uma boa redação com tema livre.

Escrever bem é algo que faz um profissional avançar na carreira. Esse tipo de habilidade facilita a elaboração de e-mails profissionais e de apresentações claras. Além disso, uma boa escrita ajuda a desenvolver aspectos como persuasão e negociação, habilidades que estarão em alta no mercado de trabalho até 2025.

Muitos processos seletivos, especialmente para vaga de estágio ou jovem aprendiz, pedem uma redação quem sou eu. Esse tipo de texto propõe que o candidato transforme uma reflexão pessoal em palavras. O problema se torna ainda maior quando o recrutador pede um texto com tema livre.

O tema livre sugere que você pode escrever sobre qualquer coisa, mas muito cuidado com essa liberdade em processos seletivos. A etapa tem justamente o papel de analisar traços da personalidade do candidato, como nível de comunicação, honestidade, articulação, capacidade de síntese, organização e flexibilidade.

Dicas para escrever uma redação com tema livre

Seja para escrever na hora ou para enviar por e-mail, a redação com tema livre é capaz de tirar sono de qualquer candidato. Confira algumas dicas para produzir esse tipo de texto:

1 – Escolha um bom tema

Como você está participando de um processo seletivo, é importante produzir um texto que de alguma forma tenha relação com a sua vida profissional.

Logo, questões que envolvem carreira, mercado de trabalho e educação servem de referência para criar textos interessantes.

Outra dica é escrever sobre um assunto que você domina. Por exemplo, se você é uma pessoa que tem o hábito de fazer trabalho voluntário, então escreva um texto falando sobre a importância do voluntariado.

2 – Desenvolva o hábito da leitura

Só escreve bem quem lê muito – essa premissa faz todo sentido. Logo, adquira o hábito de ler livros, revistas, jornais e artigos de blog. Assim, você amplia o seu vocabulário e adquire repertório para escrever textos com maior qualidade.

3 – Elabore um esquema

Para facilitar a escrita de redações em processos seletivos, vale a pena criar um esquema antes de escrever. Assim, você organiza sua linha de argumentação em partes e consegue desenvolver melhor o texto.

Em geral, o esquema para redação com tema livre se divide em:

  • 1ª Parte – Introdução: faça a apresentação do tema e sua contextualização.
  • 2ª Parte – Desenvolvimento: mostre quais são os seus argumentos – por que você pensa dessa forma? O que já leu sobre isso e pode citar como referência?
  • 3ª Parte – Conclusão: retome a ideia inicial e crie uma proposta de solução para a questão do tema.

4 – Evite temas polêmicos

Alguns temas são polêmicos e não devem ser abordados na redação, como é o caso de assuntos sobre política e religião.

5 – Atente-se aos parágrafos

Um texto é construído por parágrafos, que, por sua vez, são unidades de sentido. Eles precisam seguir um raciocínio lógico e promover uma relação entre os assuntos trabalhados.

Assim, para que o texto tenha coesão, você deve se preocupar com o uso de conectivos nos parágrafos. Essas palavras de ligação evitam um conteúdo redundante, garantem fluidez e favorecem o progresso dos argumentos.

6 – Opte por uma linguagem simples e direta

Ao invés de encher um texto com palavras difíceis, experimente adotar uma linguagem simples e de fácil compreensão. Ainda assim, tenha o cuidado de não cometer erros de gramática e escreva de acordo com a norma culta da língua portuguesa (sem usar gírias).

7 – Pratique a escrita

Não adianta você pegar vários exemplos de redação na internet e simplesmente ler os conteúdos. É necessário escolher alguns assuntos e escrever sobre eles. Portanto, escreva de duas a três redações por semana.

8 – Revise a redação

Depois de concluir o texto, tenha o cuidado de ler e corrigir a sua própria redação. A revisão é uma oportunidade para verificar problemas como:

  • fuga do tema proposto;
  • abreviação de palavras;
  • erros ortográficos;
  • erros de pontuação;
  • falta de coesão e coerência;
  • repetição de palavras.

9 – Busque feedback

A última dica é buscar o feedback de outras pessoas, ou seja, peça para que amigos e familiares leiam suas redações com temas livres. Com as avaliações dessas pessoas você tem condições de melhorar a sua escrita a cada dia.

Além disso, se for possível, mostre seus textos para professores de língua portuguesa. Esses docentes dominam técnicas de redação e podem dar dicas valiosas sobre como escrever uma boa redação com tema livre.

Conclusão

Por fim, amplie o seu repertório, mantenha-se bem informado e faça um planejamento do texto antes mesmo de começar a escrever. Além disso, muito cuidado para não escolher um tema polêmico ou muito fora do contexto da sua vida profissional.

A preparação para fazer uma redação de processo seletivo é semelhante aos vestibulares e ao Enem. Portanto, coloque as dicas em prática e aumente as suas chances de ser contratado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.